fbpx

Indicadores Financeiros para Empresas de Turismo

Os indicadores financeiros para empresas de turismo ajudam no acompanhamento da saúde do seu empreendimento e direcionam melhor as suas ações e estratégias. 

Eles fornecem informações valiosas acerca de pontos cruciais de qualquer negócio, como os lucros, despesas e dívidas, por exemplo.

Esses indicadores contribuem para o monitoramento adequado do patrimônio e tornam possível tomar decisões mais planejadas, o que ajuda a evitar e combater os imprevistos e dificuldades que surgirem.

Sendo assim, entenda abaixo o que são indicadores financeiros, quais são os mais importantes a se acompanhar no seu negócio e o conceito de cada um deles. 

O que são indicadores financeiros e qual importância?

É importante começar entendendo do que se tratam esses indicadores financeiros, que são as métricas que você pode utilizar como referência para acompanhar o desempenho da sua empresa de turismo. 

Também conhecidos como KPIs (Key Performance Indicators), eles são fundamentais quando se trata da gestão de negócio e toda empresa deve se preocupar com esses indicadores para garantir bons resultados, independente do nicho que atuam.

Quando se trata de dinheiro, é essencial ter dados que sejam seguros e confiáveis para assim garantir que você está seguindo no caminho correto e esperado, visando sempre o crescimento.

Os indicadores financeiros são como uma bússola para melhor direcionar o seu negócio, tornando-o mais lucrativo e promissor.

Diante disso, agora é o momento de conhecer cada um deles e entender o conceito. Confira abaixo!

Faturamento

O faturamento é um dos índices principais para se atentar, uma vez que ele indica o quanto seu empreendimento vende de forma geral.

Basicamente, ele é definido pela soma de todos os valores obtidos através das vendas em um determinado período, normalmente mensal ou anual.

Esse índice tem como objetivo indicar a performance das vendas e a partir disso ajudar na melhor compreensão se a empresa está ou não gerando caixa suficiente para cobrir suas despesas e ainda obter lucros.

Além disso, o faturamento serve como base do cálculo para estabelecer os impostos que o seu empreendimento deve pagar, a depender do regime tributário a qual ele está inserido.

Lucro bruto

Outro dos indicadores financeiros é o lucro bruto, também denominado lucro operacional, que nada mais é que a diferença entre a receita total e os custos variáveis.

Ou seja, são considerados somente os custos que estão ligados de forma direta à produção, que sobem e descem de acordo com as vendas de serviços realizadas.

Portanto, não se fala aqui em custo fixo.

Por exemplo, se você atende 150 pessoas por mês na sua operadora ou hotel, o custo será de um determinado valor. Entretanto, se atende o dobro de pessoas, o custo também irá duplicar.

Desse modo, os gastos variam de acordo com o volume de vendas. Assim, eles acompanham as quedas ou aumentos, o que pode ter influência em temporadas.

Ter o controle sobre esse indicador mês a mês é importante para saber como anda a saúde financeira do negócio. Além disso, por meio dessa análise se faz o cálculo de precificação do produto ou serviço para o mercado.

Lucro Bruto = Receitas Totais – Custos Variáveis

Margem bruta

Por meio do lucro bruto é possível calcular a margem bruta.
Esse valor em porcentagem é o indicador de quanto uma empresa ganha comercializando os seus produtos, ou seja, com ela calcula-se a rentabilidade da empresa.

Uma margem bruta elevada indica que o negócio está operando com preços baixos e pouca rentabilidade.

Margem Bruta = Lucro Bruto / Receita total x 100

Lucro Bruto x Lucro Líquido

Como foi apresentado, o lucro bruto se relaciona com a produtividade. Para isso leva em conta os gastos variáveis para a produção do que é ofertado pelo negócio.

Já o lucro líquido é o valor que se acumula mensalmente pela empresa, após o pagamento de todos os seus gastos, levando em consideração também os gastos fixos.

Lucro Líquido = Lucro Bruto – Despesas Fixas

Margem de lucro

Além dos indicadores financeiros no turismo já mencionados aqui, é importante que você fique ciente da margem de lucro e entenda o quanto ela é importante para o seu empreendimento.

De modo amplo, o lucro é definido pela diferença entre o faturamento total das vendas do serviço e os custos. Para ser chamado de lucro, o resultado final deve ser positivo.

É óbvio que essa conta pode se tornar mais complexa a partir de alguns fatores que a empresa estabelecer. Contudo, é a partir dessa quantia final que se consegue chegar à margem do lucro.

Portanto, a margem do lucro nada mais é que o valor percentual do resultado do seu empreendimento, prejuízo ou lucro, quando comparada a receita total.

Para que esse conceito se torne mais simples veja o seguinte exemplo: Imagine que o seu negócio faturou uma receita total de 30 mil ao final do mês. Ao verificar os custos, você viu que gastou 15 mil. Logo, o lucro foi de 15 mil. Assim, para determinar a margem de lucro você deve efetuar o cálculo seguinte:

No caso do exemplo acima, a margem de lucro seria de 50%.

Margem de Lucro = Lucro líquido após impostos / Receita Total x 100

Margem de contribuição

A margem de contribuição é fundamental para que a sua empresa seja capaz de avaliar da melhor maneira possível a rentabilidade.

É ela que indica o quanto a empresa consegue gerar de recursos para pagar os custos e despesas fixas de seus produtos e obter lucro.

Dessa forma, será possível calcular a quantidade mínima de produtos que a empresa precisará vender.

É a diferença entre as receitas, os custos de produção dos serviços vendidos e os impostos em uma venda isolada.

Através da margem de contribuição você consegue avaliar os gastos de cada serviço, o que possibilita cobrar o preço adequado ao que a sua empresa oferece.

Além disso, esse índice permite analisar se determinados serviços podem ou não serem mantidos, depois de levar em consideração o lucro obtido, o volume das vendas e os custos.

Assim sendo, a margem de contribuição é um indicador essencial para analisar a performance financeira dos produtos, pois evidencia se a receita foi suficiente para pagar todas as despesas e custos e, com isso, lucrar.

No mais, a fórmula desse indicador é a seguinte:

Margem de contribuição = preço da venda – custos da venda.

Ponto de equilíbrio

O ponto de equilíbrio, também chamado de break even point, consiste no momento em que a receita tem valor igual a soma dos custos e despesas da sua empresa.

Por esse motivo, esse índice aponta o quanto de faturamento o estabelecimento precisa ter para ser capaz de custear as suas despesas e assim se manter operando.

É por meio desse índice que você consegue identificar a partir de que momento o seu negócio começa a gerar lucro.

Além disso, esse número deve ser usado no momento de precificação dos seus serviços, considerando que as receitas devem custear todas as despesas.

Para estabelecer o ponto de equilíbrio é necessário considerar o mercado e a realidade do estabelecimento, já que cada empresa tem as suas particularidades.

Conclusão

Não é simples acompanhar todos os indicadores financeiros para empresas de turismo, principalmente se você precisa organizar e gerenciar a empresa no dia a dia, mas é FUNDAMENTAL.

Desse modo, para tornar esse processo mais fácil, é interessante contar com ajudas de plataformas que promovem o melhor gerenciamento dessas métricas.

Com isso, você consegue se dedicar a outros pontos importantes do seu negócio de turismo, enquanto a parte difícil fica por conta de um software.

Em todo caso, é essencial analisar a performance desses indicadores de forma individual e em conjunto, pois assim você pode promover melhorias no gerenciamento do seu negócio, adotando estratégias e ações que sejam personalizadas e de acordo com as suas necessidades.

Redação

Equipe de redatores especializados em marketing digital, vendas e negócios

Conecte-se nas nossas Redes Sociais

Veja também:

Ferramentas Simples e Rápidas para Receber Pagamentos Online

Ferramentas Simples e Rápidas para Receber Pagamentos Online

Definir as melhores ferramentas para receber pagamentos online é sempre uma preocupação comum entre os empreendedores. Afinal de contas, é necessário ofertar uma boa diversidade de formas de pagamento e é importante ainda que todas elas sejam confiáveis, seguras e com...

ler mais

Ferramentas para Colocar seu Negócio Online

Isenção de Responsabilidade

Apesar do esforço para garantir a qualidade das informações, nenhum conteúdo oferece garantias de resultados e não devem ser considerados como única fonte de consulta.

Ao navegar nesse site você concorda com a Isenção de Responsabilidade, Política de Cookies, Politica de Privacidade e Termos de Serviço.

Achou esse conteúdo útil?

Compartilhe com os colegas do turismo e ajude o setor a evoluir!